TEORIA DE GAIA

Na mitologia grega, Gaia é a personificação do planeta Terra. Companheira de Urano (Céu) e mãe dos Titãs (Gigantes), Gaia é representada como uma mulher poderosa e generosa com os seus filhos. E foi assim, inspirado pela deusa grega, que o cientista britânico James E. Lovelock elaborou a Teoria de Gaia, ou Hipótese de Gaia, que descreve o Planeta como um organismo vivo e capaz de gerar, manter e alterar suas condições ambientais.

De acordo com a teoria, a composição química da atmosfera do Planeta depende dos seres vivos que nela habitam. Sem a presença dos seres fotossintetizantes, o teor de gás carbônico (CO2) seria muito alto, enquanto que nitrogênio (N2) e oxigênio (O2) teriam concentrações baixíssimas. O exemplo da atmosfera mostra que os próprios seres foram capazes de regular o meio ambiente e criar condições ideais de manutenção da vida.

A Hipótese Gaia chama a atenção para as relações existentes entre os seres vivos e o meio ambiente, e principalmente para as relações existentes entre os seres humanos e os demais seres vivos. Ela sugere uma reflexão sobre as atividades humanas e seu impacto negativo no equilíbrio do ecossistema terrestre.

Os sinais do desequilíbrio são visíveis: poluição, extinção de espécies, aquecimento global, seca, extermínio de aldeias… No entanto, assim como alguns direitos e igualdades da sociedade só foram reconhecidos após muitos anos de sofrimento e lutas, vai chegar o momento, embora tardio, em que a sociedade entenderá a importância dos animais, das florestas, dos rios e oceanos.

É preciso repensar o modelo econômico e social vigente e tornar o Planeta novamente saudável para as gerações futuras. É isto que propõe o projeto VIVA GAIA.

Conheça o texto 'Ò Terra Mãe'

Confira o texto que inspirou Marcelo Telles a iniciar o projeto Viva Gaia.

PROJETO VIVA GAIA

De iniciativa totalmente privada, o projeto VIVA GAIA tem como principal objetivo a difusão da consciência ecológica e da necessidade conservacionista, através da educação ambiental. Serão realizadas, então, sucessivas viagens a bordo do veleiro GAIA: uma circunavegação por águas tropicais e, em seguida, uma incursão em áreas polares.

Durante as viagens, serão realizados:

1) Registros fotográficos dos locais visitados:

  • Unidades de Conservação da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN) e Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO);
  • Centros urbanos e entornos;
  • Comunidades locais e seus costumes;
  • Espécies endêmicas e ameaçadas.
2) Palestras ao público infanto-juvenil de escolas públicas e privadas nos diversos locais visitados. Serão abordados:

  • Conceito GAIA;
  • Panorama atual: poluição, diminuição das áreas naturais, extinção de espécies e ecossistemas, esgotamento dos recursos renováveis e não renováveis, alterações climáticas, entre outros;
  • Novo paradigma: consumo consciente, sustentabilidade ecológica e econômica, ecologia profunda.
3) Produtos:

  • De divulgação audiovisual na mídia e redes sociais;
  • Livros fotográficos;
  • Documentários;
  • Exposições audiovisuais em centros culturais em cidades a serem escolhidas.

QUEM SOMOS?

Nascido em Salvador, Marcelo Telles é formado em Oceanologia na Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Trabalhou no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos-BA, onde desenvolveu sua tese de mestrado “Modelo Trofodinâmico dos recifes em franja do ParNaMar dos Abrolhos-BA”, defendida na FURG.

 

VELEIRO GAIA SOUL

Construído e customizado pelo estaleiro Alubat-França, o VELEIRO GAIA foi concebido com uma filosofia eco-friendly, que orientou desde a escolha do material do casco (alumínio) 100% reciclado até o uso das principais fontes de energia renováveis:

  • 1 gerador hidrodinâmico (Watt&Sea),
  • 6 geradores solares,
  • 2 geradores eólicos (D-400),
  • Banco de armazenamento de energia composto por 6 baterias (MasterVolt).
O VELEIRO GAIA ainda possui:

  • 1 gerador (Onan),
  • 1 motor Volvo Penta 75 Hp.
  • 1 dessalinizador,
  • Sistema eletrônico (Furuno),
  • Sistema de navegação MaxSea,
  • 2 pilotos automáticos independentes (Furuno),
  • 1 radar digital (Furuno),
  • 1 compressor de garrafas de mergulho (Bauer),
  • Ar condicionado e calefação.
Dados técnicos:

  • Projeto: Marc Lombard
  • Material: Alumínio
  • Comprimento: 52 PÉS
  • Calados: 0,80/2,85m
  • Deslocamento: 16 ton
  • Diesel/agua: 1000l/660l

Matérias publicadas

Clique nos links e leia as matérias que já foram publicadas sobre o Veleiro Gaia:

ONDE ESTAMOS AGORA?

FOTOGRAFIAS

Fotografias diversas.

Fotografias de Georgia do Sul.

Fotografias de Texturas.

Fotografias de Reflexos.

Fotografias de Esculturas Naturais.

Fotografias internas e externas do veleiro.

NOSSOS PARCEIROS

baleia-jubarte

ENTRE EM CONTATO CONOSCO!